Mostrando postagens com marcador Outubro Rosa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Outubro Rosa. Mostrar todas as postagens

Outubro Rosa - 6 Maneiras Eficazes para Prevenir o Cancro da Mama


Resultado de imagem para outubro rosa 2016


Outubro Rosa é a campanha internacional para chamar sua atenção para os riscos e prevenção do câncer de mama. 
Vários artistas doaram suas imagens para campanha e vários monumentos no Brasil e no mundo são iluminados de rosa para incentivar essa campanha importante.
Então se cuide e faça o autoexame e vá ao ginecologista periodicamente para chegar sua saúde.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o câncer de mama é um dos cancros mais comuns que afetam as mulheres em todo o mundo hoje.
A taxa de câncer de mama está em expansão, particularmente nos países em desenvolvimento, e isso tem muito a ver com o estilo de vida e com hábitos pouco saudáveis.
Embora existam algumas medidas que se pode tomar para evitar o risco de câncer de mama, na maioria dos casos é diagnosticado em estágios posteriores, quando há muito menos o que se pode fazer para tratá-la. Portanto, o diagnóstico precoce continua a ser o fundamento de controle do câncer de mama.
A prevenção é sempre melhor que remediar. Aqui estão algumas medidas preventivas que se pode tomar para evitar o risco de câncer de mama:

1. Histórico Familiar
As mulheres que têm uma história familiar de câncer de mama deve fazer um check-up regular, especialmente após a idade de 35 anos. Existem dois métodos para fazê-lo, um método é a mamografia e o outro de ultrassom. A maioria dos especialistas preferem a ultrassom por não conter radiação.

2. Atividade Física
A atividade física é importante não só para manter o seu peso, mas também para manter a forma, o que pode protegê-lo de várias doenças.

Para os adultos, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos não recomenda a menos de 150 minutos por semana de moderada atividade aeróbica ou 75 minutos de atividade aeróbica vigorosa por semana, além de treinamento de força pelo menos duas vezes a cada semana.
A atividade física regular e a manutenção de um saudável peso corporal, juntamente com uma dieta saudável, poderia reduzir consideravelmente o risco de câncer de mama.

Mulheres obesas correm mais risco de desenvolver câncer de mama e outras doenças.
Segundo a especialista em emagrecimento saudável Rosi Feliciano a reeducação alimentar é o caminho durável para o controle do peso e boa saúde.
Mesmo ao tentar emagrecer rápido devemos buscar métodos naturais, com boa nutrição e que possam nos colocar no caminho da reeducação alimentar, como o plano detox rosi feliciano

3. Verifique sua dieta
O que você come hoje tem repercussões sobre a saúde. Seguir uma dieta saudável pode beneficiá-lo de várias maneiras, manter um controle sobre inúmeras doenças.
Com os relatórios constantes de substâncias cancerígenas encontradas em processados ​​comercialmente pão, carne, bebidas gaseificadas, etc, ela só se torna mais importante agora para ver o que nós comemos.

A tendência atual deve voltar às boas refeições caseiras e dizer não a alimentos processados ​​.
De acordo com um estudo, a elevada quantidade de açúcar na dieta numa dieta ocidental típica pode aumentar o risco de câncer da mama e a sua disseminação para os pulmões.


4. Amamentação
A amamentação pode reduzir o risco de câncer de mama, especialmente se a mulher amamenta por um longo período de tempo, de preferência até o recém-nascido em até pelo menos 1 ano de idade.

A razão por que a amamentação protege as mulheres de câncer da mama é porque a maioria das mulheres têm menos ciclos menstruais quando estão amamentando (adicionado aos nove períodos perdidos durante a gravidez), resultando em elevados níveis de estrogênio.
 A amamentação ajuda através da redução dos níveis de estrogênio, evitando assim o risco de câncer.

5. Parar de fumar
Embora os resultados não tenham sido confirmados, vários estudos propõem que existe o perigo modestamente ampliado de câncer de mama em fumantes.
A relação entre o cigarro tabagismo e câncer de mama é complicada pelo fato de que até 50 por cento das mulheres que fumam ou bebem, tendem a ser propensas a varias doenças.
Evidencias anteriores confirmaram sobre a relação entre o consumo de álcool e câncer de mama afirmando que a ingestão de álcool aumenta as chances de câncer de mama em desenvolvimento por quatro vezes.

Um estudo sugeriu que um subproduto do álcool chamado acetaldeído, danifica o DNA, o que pode levar ao crescimento do câncer de mama. Também foi visto que o álcool diminui os níveis de folato, o que é necessário para reparar o DNA danificado no corpo.

6. Limite Terapia Hormonal
O tratamento hormonal combinada por mais de três a cinco anos aumenta o risco de câncer de mama. No caso você está tomando o tratamento hormonal para os sintomas da menopausa, consulte o seu médico sobre as diferentes opções.
Você pode ser capaz de lidar com os seus sintomas com os tratamentos não hormonais. Se passando por tratamento hormonal, tente usar a menor dose que funciona para você e fazer um intervalo.

Embora o câncer seja uma doença perigosa que leva a vida de muitos em todo o mundo, essas medidas preventivas podem ser úteis.
Lembrem-se, seus hábitos de vida podem ter uma correlação com o risco de câncer.

Outubro Rosa para mim é uma campanhia contra câncer de mama.  E câncer é a pior doença do mundo. Ele mata, mata aos poucos, ele faz sofrer a família inteira. Hoje de manhã recebi esse artigo para publicação no blog de minha amiga Rosi Feliciano, e pensei muito se ia escrever algo relacionada a essa doença feia, horrorosa. 
Aí vocês me perguntam porque tudo isso Karina, e falo: 
- Minha mãe morreu com esse problema, ela uma mulher inteligente, culta, fina, dona de si e de uma personalidade forte da qual eu puxei, morreu de câncer, ela como lia muito e meu tio era farmacêutico e bio químico perguntou sobre essa doença que era e ainda é o mal do século. Ele explicou que uma pessoa com essa doença duraria no máximo 5 a 6 anos, e que tinha alguma delas que com minha fé e pensamento positivo se curaram e não tiveram mais nada. O que ajudou muito minha mãe foi Deus e o livro o O poder infinito da mente de Lauro Trevisan. Ela leu esse livro para fazer cirurgia da mama, e na hora que tirou o tumor e viu que era do tamanho de uma laranja já soube que era maligno, nossa eu rezava muito gente. Nessa época tinha 15 anos, minha mãe foi para o hospital operar e ainda me fez ir ao colégio, porque não podia faltar de aula atoa. Como já falei aqui no blog, ela era muito rígida comigo devido ser filha de gaúcho, era super fria, mas muito boa pessoa e sabia tratar as pessoas bem, falar de minha mãe é falar da mulher que mais admiro ate hoje minha ídola, minha letra é idêntica a dela pelo orgulho de ser sua filha. falar de câncer para mim é duro, é pedir as pessoas para prevenir, não comer a noite muito, não tomar bebida alcolica e não fumar ou dosar o seu limite.  Desculpe meu meio desabafo não vou falar mais porque não consigo,não consigo mesmo gente.. Minha mãe lutou contra o câncer 5 anos e 9 meses e morreu no dia 3 de dezembro de 2000 eu tinha 20 anos, era uma menina e tive que aprender a ser mulher. Se vocês tem filhos e quer vencer o câncer uma dica.. Não perca a fé.. ela transporta montanhas.. bjs e boa noite.. lutou do dia 13 de março  de 1995, a 03 de dezembro de 2000.. faço aniversário no dia 12 de março... Vocês imaginam como foi ganhar esse presente ruim de aniversário de 15 anos, me senti um nada vezes nada, e quando ela morreu me senti sozinha no mundo como até hoje me sinto as vezes.. 

Resultado de imagem para outubro rosa 2016